JOSÉ LOUREIRO

Sem título, 2015. Óleo sobre papel, 174 x 135 cm. Cortesia: Fonseca Macedo – Arte Contemporânea, Ponta Delgada

JOSÉ LOUREIRO

Mangualde, Portugal, 1961

Apresentado por FONSECA MACEDO – ARTE CONTEMPORÂNEA

Vive e trabalha em Lisboa. De 2015 a 2017, José Loureiro produziu e mostrou, em várias exposições individuais, uma grande coleção de desenhos e pinturas de dimensões variadas, com o título de “Sinapse-Morta”.
Mantendo o desenho com rigor geométrico, de linhas direitas e ângulos perfeitos, assim como uma curta seleção de cores: preto, branco, vermelho, José Loureiro introduz também a mancha menos definida e de contornos menos nítidos. Em alguns desenhos, a frequência das linhas e o contraste das cores, provocam uma sensação de vibração, quase cinética.