MARTA BARRENECHEA

Big man staring at a room and mimetizing with it, 2019. Chines ink on Japan paper, 29x39 cm. Courtesy: Galería Silvestre

MARTA BARRENECHEA

Madrid, Espanha, 1964

GALERÍA SILVESTRE

Marta Barrenechea acredita que a arte tem as suas próprias regras, e procura descobrir, através da intuição e do conhecimento sem demasiado pensamento racional, essas mesmas regras. Marta não procura ter um estilo pessoal absoluto, mas também não esconde o facto inevitável de que, por detrás dos seus trabalhos, existe uma pessoa com antecedentes pessoais e uma forma pessoal, embora em mudança, de fazer o que quer que seja.
Essas coisas não são feitas por uma máquina ou por simples acaso, embora o acaso sempre participe de tudo o que os humanos fazem. Costuma misturar técnicas na mesma peça, como desenho e bordado, deixando que cada técnica, cada material, diga o que tem a dizer nos seus assuntos de amor, luta e indiferença.