NICOLÁS ROBBIO

Sintonia #9, 2019. Corda de nylon, roldanas, parafusos e anilhas de aço, dimensões variáveis. Courtesy: Galeria Bruno Múrias

NICOLÁS ROBBIO

Mar de Plata, Argentina, 1975

GALERIA BRUNO MÚRIAS

A obra de Nicolás Robbio (Mar de Plata, Argentina, 1975) recorre frequentemente a elementos da vida quotidiana que o artista descreve como objectos de conhecimento geral. As ‘coisas’ que são transversais a todo o seu trabalho são nada mais nada menos do que as ‘coisas’ geralmente reconhecíveis. Tal como o significado contido dentro desta cifra, ‘coisa’, pode ser esquecido pelo hábito da linguagem, a ressonância específica da coisa quotidiana em si mesma é muitas vezes escondida de um primeiro olhar, disfarçada pela sua aplicação como um objecto prático e utilizável.